[BEDA #9] Fora da caixinha: 4 blogueiros fora dos padrões!

Já estamos acostumados com o universo padronizado da blogsfera: Blogueiras (os) extremamente magras (os), com a pele sempre perfeita, cabelos 100% lisos (ou barbas perfeitas, no caso dos homens) e o famoso “estilo tumblr”.

Mas o que ainda não estamos acostumados é com o que há de ~diferente~ dentro desse universo!

O mundo da blogsfera é muito vasto e, infelizmente, o ~diferente~ (que na verdade não é diferente!) ainda não tem a visibilidade merecida!

Sabia que dentro desse universo “perfeito” da blogsfera existem milhares de blogueiros fora dos padrões impostos pela sociedade, que são tão bons quanto esses mais populares? Aposto que não! Ou se conhece, são bem poucos!

Então, hoje resolvi enaltecer quatro blogueiros e blogueiras pra provar que: Você pode ser alto (a) ou baixo (a), gordo (a) ou magro (a), branco (a) ou negro (o), heterossexual ou homossexual! Você pode ser o que quiser, mas acima de tudo, ser quem você é e ter orgulho disso sempre!

Ficou afim de saber quem são esses blogueiros fora dos padrões? Então continue acompanhando esse post!

Vocês usariam pochete? Eu não sei se acho estiloso ou cafona hahahaahahaha

A post shared by Mateus Baptistella (@vireiadulto) on

Não nasci girino, mas hoje eu tô um sapão (ou sapinho) Hahahahahahahahaahaha camiseta da minha irmã pra : @garagemkorova

A post shared by Mateus Baptistella (@vireiadulto) on

Matteus Baptistella

O Matteus Baptistella do Virei Adulto tem 25 anos e é um anão super fofo e cheio de estilo! Em um dos seus vídeos no Youtube ele comentou sobre o bullying à respeito do seu tamanho:

“Eu nunca me incomodei com o bullying, sempre me aceitei do jeito que eu sou desde pequeno. Quando a gente se aceita, a gente não se incomoda com o que as outras pessoas falam.”

Jéssica Lopes

A Jéssica Lopes é do blog Femme Fatale e é uma ruiva tatuadíssima e super bem resolvida consigo mesma!

Eu cresci ouvindo que ser gorda era sinônimo de ser desleixada. E se eu usasse uma roupa com uma pegada mais confortável, como moletom, só enfatizava o fato de eu ser desleixada. Só que não é bem assim…

🌈⚡️🌼 If I gotta be a bitch, I'mma be a bad one 🌼⚡️🦄

A post shared by badddiiie 🌈🎱🦋⛈ (@baddiewinkle) on

stay killin it in @fashionnova 🌹🍄

A post shared by badddiiie 🌈🎱🦋⛈ (@baddiewinkle) on

Helen Winkle

A Helen Winkle não é brasileira, mas eu senti a necessidade de compartilhar o perfil dela com vocês!

Gente, olha só que maravilhosa! Ela tem 89 anos e o Instagram dela transborda alegria com os seus looks todos coloridos! Quem não queria uma avó dessas, hein?

Apenas in love por esse lookzinho que usei ontem. Aliás, essa calça virou meu xodó: ela é uma Toulon dos anos 90 e foi apenas 3 golpinhos num brechó de uma igreja do meu bairro. Vc quer garimpo, @? #DesfileiPorAi __________________________________________ Cropped: brechó (2 reais) Calça: @toulon_br vintage (3 reais) Tênis: @adidasoriginals __________________________________________ #vintagefashion #vintagefashionista #vintageculture #shirtoftheday #vintagedenim #mensstreetstyle #mensfashionpost #mensfashionreview #mensweardaily #menstyleguide #menwithstyle #dicaeresenha #julyeverp #menwithstreetstyle #styleiswhat #vintagejeans #lookdodia #lookdehoje #outfitgrid #bestofstreetwear #trendpig #outfitstyle #outfitinspo #streetwearfashion #urbanwear #streetlook #styleblog

A post shared by Erick Correia (@desfilei) on

Erick Correia

O Erick Correia, do Desfilei é a personificação da palavra atitude! Compõe lindos looks com peças femininas, levanta a bandeira com orgulho de ser o que é e arrasa muito no Instagram!

MINHAS ROUPAS OFENDEM! Não por possuir dizeres maliciosos ou desrespeitosos. Minhas roupas ofendem porque o meu vestir destrói as bolhas que tentam incansavelmente me encaixar. As minhas roupas dizem que não quero ser como acham que eu devo ser. Minhas roupas ofendem porque carregam meu orgulho de ser quem eu sou. Sem vergonhas. Sem peso na consciência. Assumidamente sem rótulos. Minhas roupas dizem muito sobre mim, assim como as ofensas que recebo por ser livre dizem muito sobre quem tenta me ofender. Porque na verdade, no final de tudo, eu vou seguir com minha liberdade e delicia de ser quem eu sou, e quem me ofende vai ser morder de raiva por não poder ser tão livre quanto eu…”

Gente, esse foi o post mais amorzinho que eu já escrevi para o meu blog! Escrevendo, eu acabei conhecendo uma galera linda, diferente e que merece MUITO sucesso!

E vocês, gostaram? Quem aí conhece outros blogueiros fora dos padrões? Deixem nos comentários aqui em baixo, pois eu quero conhecer também! <3

Um beijo e até amanhã!

Me acompanhe nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter

BEDA | Blog Every Day August

LEIA TAMBÉM:

5 Comentários

  1. Eu amei esse post!
    Estamos inseridos em uma sociedade onde vale mais se você cumpre os padrões do que se você tem boa índole, por exemplo. Amo a luta por essa desconstrução e amei o fato de você falar disso aqui no blog 💛
    Cada dia mais orgulhosa do seu trabalho e AHHHH parabens pelos 1k na página 🙏🏼🌻

  2. Parabéns pelo post! É muito importante mesmo exaltar a galera diferentona. Somos condicionados a achar o diferente esquisito, mas a real é que essa galera é que sabe ser feliz porque não se importa com o que os outros vão dizer. Isso é liberdade! Conheço o Erick e ele é uma inspiração na minha vida. Que pessoa! Amei! Bjos

  3. Olá!
    Nossa, eu não conhecia nenhum deles mas já to seguindo todos, quanta beleza e amor num post só, é tão bom ver representatividade de várias minorias na blogosfera.
    Esse post é só amor!
    Beijos <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *